segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Líder!

Parece interessante notar todo o processo de desenvolvimento de um líder, e que tanto as experiências positivas assim como as negativas podem determinar características essenciais de uma pessoa, levando-a a exercer o papel da liderança a ser desempenhado em qualquer área e esfera, seja da vida pessoal ou profissional. É importante lembrar que faz parte da história da humanidade e da atualidade a existência de líderes positivos/saudáveis e também de líderes negativos/destrutivos.
O líder holístico, inteiro, tem uma relação consigo mesmo e com o seu trabalho muito diferente dos demais. Ele possui profunda noção e vivência das suas capacidades, de autorespeito e de autovalorização, tendo tudo isso um reflexo direto em todos os seus relacionamentos, sejam afetivos, profissionais, familiares e com os amigos, porque ele não fragmenta o ser total que ele é, trabalha a sua essência e a transfere para as experiências que vive.
Na maioria das situações, é fundamental o líder descobrir que ele é o problema. O maior obstáculo ao sucesso se dá em função de suas concepções, imagens e expectativas, pois ele sempre teve como hábito atribuir todos os seus problemas nos outros e tem a necessidade em ser o “salvador da pátria” para depois ser aplaudido pelos seus feitos. O líder percebendo que o desempenho está abaixo das possibilidades, uma pergunta a se fazer é a seguinte: O que é que eu fiz ou deixei de fazer para que as coisas acontecessem dessa forma? Assumir e trazer para si a auto-responsabilidade, para a partir daí promover as mudanças necessárias, porque enquanto os problemas estiverem nos outros ele não tem o poder de decidir e agir diferente. Dessa forma, ele serve de exemplo para cada um comprometer-se e desenvolver a autonomia em seu trabalho!

Um comentário:

  1. Naíse é meu exemplo de dedicação e liderança.

    ResponderExcluir

Comente algo que enriqueça essa discussão!