domingo, 8 de janeiro de 2012

Cuidado Basketeiros!



Memória fraca dos eleitores



Uma pesquisa realizada no Paraná comprovou mais uma vez uma retórica comum em época de eleições: brasileiro tem memória curta. Nas ruas de Curitiba, a população foi confrontada com uma pergunta simples, questionando em quem as pessoas haviam votado no pleito passado. A grande maioria disse não se lembrar, o que reforça a tradicional crença popular.
Segundo um professor de filosofia, o esquecimento do brasileiro é cultural, e é algo que agrada aos políticos, que ainda mantêm uma longa distância para o eleitor comum. A memória curta também prejudica aquele que vota e que gostaria de cobrar as promessas feitas pelos candidatos.

Portal R7.



Muitas vezes além de esquecer em quem votamos, esquecemos que as promessas feitas em campanha não foram cumpridas, e que seus planos de governos não foram seguidos.


2012 é ano de Paraolimpiada, é ano que antecede eleição no Basquete em Cadeira de Rodas.


Faça uma reflexão sobre os acontecimentos, faça uma pesquisa sobre Promessas e Plano de Governo e tome sua decisão.


Basketeiros, compartilhem aqui os fatos que devem ser lembrados por todos os dirigentes e atletas!


Depois da nossa memória ser refrescada, vamos torcer por um 2012 melhor!

22 comentários:

  1. na minha opiniao nao pode passar em branco que ficamos sem campeonatos que a principio era falta de dinheiro, depois se falou em priorizar seleções, e a seleção masculina ficou sem a vaga.
    e tbm que o feminino só ganhou pq o caju voltou e levou o time dele pra mostrar como é que se faz com basquete feminino.
    sem mais.
    Daniel.

    ResponderExcluir
  2. Vale lembrar que, Ficamos sem campeonatos regionais, não só por falta de verbas mas também por falta de organização e planejamentos por parte da CBBC.

    ResponderExcluir
  3. Tem que deixar registrado que atletas e dirigentes se hospedaram em hoteis maravilhosos comeram do bom e do melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara esse anonio ai e baba ovo mesmo, se vender por comida e hospedagem, isso sim é o cumulo do absurdo, se ele n consegue comer bem ou se hospedar e por incapacidade mental dele mesmo, deve ser daqueles que gostam de ser tratado de coitadinho, pura safadagem, esmola nao combina como o basquete em cadeira meu caro. Os atletas de basquete buscam os seu direitos, nao ficam esperando por esmolas. Ele nao viu a humiliaçao que várias equipes passaram em sp na 2ª divisao, onde o palhado dos motoristas das vans contratadas e pagas pra transporta nao queriam levar cadeirantes, ou so levaria a pessoa a cadeira tinha q ir num caminhao ou talves sozinha. Quem nao sabe das coisas nao deve opnar. e se quer defender alguem junte-se a eles e seram derrotados juntos, pq os verdadeiros basqueteiros na se vendem por hospedagem ou comida.

      Excluir
  4. vale salientar que o basquetebol não é feito de hotel e alimentação e sim de boa quadra, boa organização, boa arbitragem para que as equipes desenvolvam seus jogos em busca de melhores resultados, a CBBC so se preocupa em hotel, alimentação, abertura e encerramento como foi na 1ª divisão que foi regado de espumantes e cervejas patrocinadas pela CBBC, coisa que nãao combina com o esporte.

    ResponderExcluir
  5. È Daniel voce tem razão, a CBBC deveria ter maais seriedade com o basquetebol, pois 2011 foi todo voltado para a seleção masculina com sua "poderosa comissão técnica" que nos campeonatos dirigindo suas equipes mostraram seus grandes trabalhos:uma desceu para 2ª, outra ficou depois de mostrar seu descontrole em quadra com palavras de baixa qualidade não respeitando o arbitro e os presentes ficou na 6ª colocação e a outra com auxiliar vindo do exterior ficou em terceiro lugar.Como é que o Brasil iria se classificar? E o feminino se preparou com todo o esforço delas mesmas e do Caju que foi tirado da seleção pelo que se observa é pelo fato da CBBC não gostar dele e do trabalho que ele faz, mas temos que trabalho e um técnico que é 10 vezes campeão brasileiro como não serve para a seleçaõ brasileira. Só falta agora a CBBC querer trocar a comissão técnica feminina para poder agraciar outras pessoas a irem a Londres sem Classificação.

    ResponderExcluir
  6. kkkkkk caro anonimo, vc tem tanta vergonha do que escreveu que nem colocou seu nome!
    Ridiculo vc vim falar isso aqui! Hotel? Comida? Queremos jogos, competições de respeito, organização!
    Pq vc nao falou sobre o transporte dos atletas no Brasileiro de SP? Onde os donos de vans nao queriam transportar as nossas cadeiras!

    ResponderExcluir
  7. O BASQUETE EM CADEIRAS DE RODAS, ESTÁ MESMO VIRANDO UMA MODALIDADE MEDIOCRE MESMO, E SO VE OS COMENTARIOS AQUI DE DANIEL, ANONIMO, VOCÊS DOIS ESQUECEM DO BASQUETE DO PASSADO E DE TANTAS BOBAGENS FORAM FEITAS POR ESSAS PESSOAS QUE SE JULGAM CORRETAS, ANTES DE FALAR DO CAJU, PORQUE VC NAO LEMBRA QUE O MESMO CAJU TIROU TODAS AS MENINAS DA SELEÇÃO,ANTES DE FALAR DA FATIMA, MARIA E MEIRE, VEJA O QUE ELAS JA FIZERAM PELO O ESPORTE NACIONAL, DANIEL , ANONIMO ME FAÇAM UM FAVOR CRESCEM APARECEM E TENTEM AJUDAR O BASQUETE, PESSOAS COMO VCS AQUI NÃO SERVEM PRA NADA, NÃO APOIO A CBBC E SOU DA OPOSIÇÃO PORÉM FAÇO QUESTÃO QUE AS PESSOAS QUE FIZERAM MUITO PELO O ESPORTE SEJA RESPEITADAS.O BASQUETE DO BRASIL NÃO ESTA BO A MUITO TEMPO, E SO VER OS ULTIMOS RESULTADOS,SÃO PAULO ESTÁ DOMINANDO TUDO, E O FARÁ POR MUITO TEMPO, SABE PORQUE?, PORQUE TEM UMA FEDERAÇÃO PAULISTA SERIA E PESSOAS SERIAS E EQUIPES ERIAS FAZENDO O BASQUETE EM CADEIRAS DE RODAS COM COMPETENCIA E SEM BENEFICIO PROPRIO,RESPEITEM QUEM JÁ AJUDOU MUITO O ESPORTE E AJUDEM A QUEM REALMENTE QUER FAZER A MODALIDADE CRESCER DE NOVO COMO NOSSA MODALIDADE.
    ASS: FERNANDO OLIVEIRA-SÃO PAULO OPOSIÇÃO DA CBBC.

    ResponderExcluir
  8. é Fernando se tu és tão "conhecedor" da historia do basquete em cadeira de rodas te candidata a dirigir o basquetebol nacional pois parece que tens toda seriedade para assumir e a oposição não pode so escrever tem que tomar atitude e colocar em pratica seus conhecimentos.

    ResponderExcluir
  9. Fernando, eu sei bem quem é o Caju sim ele é o melhor treinador do melhor time feminino do Brasil, e qdo ele foi tirado de forma suja do comando da seleção feminina as atletas dele que por sinal reconhecem ele como o melhor, se negaram a ir por saber de tamanha sujeira. E se vc nao sabe, aqui nao sei falou que a comissao tecnica masculina nunca fez nada pelo basquete, mesmo pq fizeram mesmo, no passado. Hj é um lixo, se vc é conhecedor de tudo sabe q opinião dos atletas em relação a comissão.
    Estou esperando a formação de chapas com propostas dignas e que possam ser cumpridas.
    O basquete nao ta virando mediocre. Ja é mediocre.

    ResponderExcluir
  10. Caro Daniel e anonimo, vocês dois realmente são pessoas leigas em relação ao basquete em cadeiras de rodas, Caro Daniel se não tiver passado, não tem futuro , vc deve ser um daquels atletas ou dirigentes que so sabem criticar e quem sabe apoiou a cbbc atual tb e se arrependeu, outra coisa veja os titulos e conquistas dessa pessoas antes de falar, sobre o caju nao discuto , equipe feminina so existe uma, e so ver a quantidade de meninas que praticam o basquete hj, anonimo em relaçao a atitudes aguardem pois brevem surgiram pessoas que realmente querem o bem do basquete, nao to aqui dizendo que pessoas da cbbc são pessoas ruins, porém nao souberam administrar bem qd tiverem oportunidades.
    Fernando Oliveira -sp Oposição cbbc

    ResponderExcluir
  11. atletas do all star feminino!!112 de janeiro de 2012 20:12

    qnto ao fato de nós atletas nao ter-mos ido pra seleção qndo o caju nao estava,quero dizer q foi uma decisão das atletas e não uma imposição dele como dizem por ai,muito pelo contrario ele queria obrigar a gente ir, mais nós batemos o pé e dissemos q nao ia-mos,pois nós nao queriamos compartilhar com essa sujeira q fizeram com ele, e tbm com o desrespeito contra ele, como é q ele não serve pra seleção,,mais suas atletas servem? atletas q ele formou, e nao tirou de clube algum, ele forma atletas e nao rouba atletas!!!!

    ResponderExcluir
  12. é tudo tão sujo e tão articulado que tem gente ai dizendo que o melhor é fechar os olhos pro que aconteceu...

    ResponderExcluir
  13. O Basquetebol e mais importante do que os objetivos pessoais vamos construir não destruir oportunize o crescimento do basquetebol feminino as meninas fizeram sua parte juntamente com a comissão tecnica

    ResponderExcluir
  14. Acho que voces esqueceram o rombo que o Sr. Doinha deixou, e hoje junto dele esta um articulador que se chama Sr. Sileno...
    O que temos hoje é realmente uma CBBC sem estrutura, mais quem é a pessoa ideal pra estar no cargo de presidente, voces ja pensaram, nao tem ninguem nesse Br que pense em todos, cada um só pensa em um objetivo.
    Viajar...e levar sua gangue.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Thereza rj. Creio q vc nao deve saber nada de basquete mesmo. Nao sou defensor de nenhuma bandeira (Doinha, Naise), so que as pessoas q dirigem a cbbc hj, estavam a frente da mesma na epoca do Doinha. Entao nao adianta dar uma de coitadinhas. Aqui n tem bobo da corte.

      Excluir
  15. Meu nome é Thereza, escrevi ontem pra voces, pq ainda voceis naocolocaram o que eu escrevi

    ResponderExcluir
  16. vamos pensar no que nos restou, que foi o basquete feminino classificado,devemos esquecer o leite derramado e dar oportunidade ao que ficou dentro da chaleira(o basquete feminino).espero como basquetebolista que sou que a cbbc veja o feminino como instrumento de resultado, e de retorno de visiblidade de midia perante a sociedade nas paraolímpiadas/2012, mas para que isto aconteca precisa colocar em pratica o projeto de treinamento da selecao brasileira, pois todas selecões estão com seus projetos de treinamentos ja determinados so o basquete que não. Vamos lá cbbc acorda!

    ResponderExcluir
  17. Eu vou responder pra essa tal de Thereza, que na verdade nao é Tthereza nenhuma.
    Antes de falar do Doinha, procure saber sobre o trabalho que ele faz com o basquete em cadeiras, veja como é organizado e como deixa os atletas do Estado em que ele atua satisfeitos.
    Quem fala do rombo, esquece de falar em que foi gasto tanto $$, como por exemplo o pagto de passagens para equipes para um campeonato Internacional feito no Brasil. Onde todo mundo quis ir e ele foi lá e pagou.
    Quem fala do Doinha tem tanto medo de por o nome verdadeiro e faz provocação usando o nome da Teresa presidente da FGBC pq com certeza esteve nesse campeonato as custas do Doinha e agora dá nas costas dele!
    E qto ao Sileno, primeiro vc tenha 2 equipes na I divisão, e 1 delas sendo Bi campeã, depois vc vem escrever aqui, blza?

    ResponderExcluir
  18. Meu nome eu deixei bem claro é Thereza, se existe varias Tereza que culpa tenho eu, cada um no seu quadrado.
    E com dinheiro no bolso tudo se pode, até comprarmos voto com passagens e roubar atletas de outro time.
    EstÃo armando alguma, fica registrado.

    ResponderExcluir
  19. Gostaria de dar minha opinião sobre o assunto "roubar atletas", quem é dono de atleta?,
    pq é fato, para algo ser roubado ele precisa pertencer a alguém, e atletas não tem contrato de exclusividade com nenhuma equipe , tem contrato de trabalho , que ao termino do mesmo pode ser renegociado , ou simplesmente negociado com outra entidade , afinal , queremos ou não queremos um basquete profissional , agora ,atletas de todo o Brasil devem permanecer em seus clubes de origem e desistirem de ganhar seu dinheiro fazendo o que gostam , que é jogar basquete só por conta de utopias?
    pensem nisso, quanto aos outros assuntos ,não vou me meter afinal cada um vai sempre dizer aquilo que lhe é conveniente,para encerrar meu comentário digo ,existe sim pessoas que querem fazer o basquete para todos , exemplo , atletas ,árbitros , e é possível fazer ocupando nada mais nada menos que essas devidas posições ,árbitros como árbitros , atletas como atletas , e a politica que se exploda lá fora ,ou quem sabe uma rebelião , greve geral só jogamos se fulano ou ciclano for o presidente, entrou fez merda
    greve de novo se o ciclano não sair não tem nada , e se os projetos não saírem do papel o dinheiro tem que voltar para os cofres públicos , a arma temos , basta saber usar.
    Chris Roger Pires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O esporte para olimpico em especial o basquetebol em cadeira de rodas e uma arte e toda arte tem que ser tratada com carinho para que não seja estragada então trate com amor e carinho o nosso basquetebol

      Excluir

Comente algo que enriqueça essa discussão!